Boas Vindas

Este sítio reúne os materiais disponíveis sobre Maria Firmina dos Reis, dispersos em vários locais, de forma que estudantes, pesquisadores e interessados em geral possam explorar a riqueza da obra dessa escritora negra brasileira.

Ver mais

Novos dados biográficos e novos documentos de Firmina

Dados biográficos

  • Nascimento: 11 de março de 1822 (ADLER, 2017/2018).
  • Filiação: Leonor Felipa – mulata forra, foi escrava do Comendador Caetano José Teixeira, comerciante e proprietário de terras da região (ADLER, 2017/2018); e João Pedro Esteves, homem de posses que foi sócio de Caetano José Teixeira .
  • Parentes
    • Martiniano José dos Reis (tio), irmão de Leonor (testemunha no processo de justificação da data de nascimento de Firmina), natural de São Luís, pardo, casado; declarou viver de suas lavouras, mas aparece nos jornais como sendo alfaiate, advogado, além de  “Solicitador” em Guimarães(CRUZ; MATOS; SILVA, 2018, p.161);
    • Filinto Elísio dos Reis (primo), filho de Martiniano, promotor público e Intendente Municipal da Comarca de Guimarães (CRUZ; MATOS; SILVA, 2018, p.161)
    • Leonor Felipa (mãe), Amália Augusta dos Reis (irmã)Balduína Amália dos Reis (prima), Henriqueta Romana dos Reis (tia materna), constam como passageiras do vapor S. Luiz, com destino ao Pará, no dia 03 de janeiro de 1860. (CRUZ; MATOS; SILVA, 2018, p.161).
Ver mais

17/10/1857 – A primeira resenha de Úrsula

Subscreve-se para para esta obra…*

No nascente mercado literário do século XIX, era bastante comum que “editores” empregassem a estratégia de assinaturas para venderem seus livros. As subscrições eram um tipo de venda baseada na confiança estabelecida entre proponentes e leitores (subscritores) – estes últimos, comprometiam-se a pagar quando fossem receber o exemplar e, assim, garantiam a publicação da obra. O mesmo acontecia para as histórias publicadas em capítulos, como os folhetins.

Ver mais

15 de Outubro de 1847 – Firmina Professora

“15 de outubro de 1847: Maria Firmina dos Reis é nomeada oficialmente professora da cadeira de primeiras letras para meninas em Guimarães; as aulas serão dadas no próprio lar da professora, na Praça Luís Domingues.”
 
 

Fonte: A Arte Literária | Blog – A Educadora Maria Firmina dos Reis

A Escritora Maria Firmina dos Reis: História e Memória de Uma Professora no Maranhão do Século XIX”, páginas 61 e 118, Carla Sampaio dos Santos, dissertação de mestrado, Universidade Estadual de Campinas, 2016.

Ver mais

Úrsula – Editora Taverna

APRESENTAÇÃO 

Sem dúvidas, um dos primeiros romances femininos publicados no país, Úrsula(1859), de Maria Firmina dos Reis, torna-se, atualmente, uma obra extremamente necessária para entender o Brasil. Desde o ano passado, ano do centenário de morte  da autora, a obra vem ganhando novas edições e ocupando as estantes das livrarias brasileiras.

De acordo com os editores da Taverna, as qualidades literárias e a biografia admirável da autora transformam também esta obra em registro histórico, que narra de forma inédita a situação dos negros escravizados e a opressão das mulheres. Em agosto, a Taverna lançou sua edição do romance.

Ver mais